PUBLICAÇÕES



NEWSLETTER
Receba as nossas novidades por e-mail! Clique aqui.

Artigos, Destaques - 11/05/2017

Maio, um mês dedicado a Maria

editada

Templo Nossa Senhora de Fátima- Portugal.

 

 

No mês de maio, milhões de pessoas participam de romarias e peregrinações a santuários marianos, fazem orações especiais a Maria e lhe oferecem presentes, tanto espirituais quanto materiais, além das diversas homenagens.

Os estudantes do curso de teologia, divididos em grupos, apresentarão uma série de trabalhos com temas diversos, em homenagem a Mãe de Deus. Dois grupos já apresentaram os seguintes temas “Maria nas Artes”, e “Maria em Lutero e no Anglicanismo”, respectivamente, a expectativa é grande para as próximas apresentações que homenagearão A Santíssima.

“Com Maria, peregrino na esperança e na paz”, esse é lema da peregrinação do Papa Francisco a Fátima – Portugal, nos dias 12 e 13 de maio, em visitação ao Templo de Nossa Senhora de Fátima. Papa Francisco peregrinará a Portugal por ocasião da canonização de Francisco e Jacinta Marto no dia 13 de maio. Destacamos algumas partes da nota divulgada pela Conferência Episcopal Portuguesa que fala sobre a canonização dos beatos.

“Na celebração do centenário das aparições de Nossa Senhora, a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto vem confirmar que a mensagem de Fátima é um itinerário pedagógico para o discípulo de Cristo que procura conformar o seu coração com o do Mestre. Exultamos, por isso, com a abundância da graça de Deus, que se manifesta na frágil vida destes dois humildes Pastorinhos. Envolvidos pela carinhosa e materna luz de Maria, modelo dos pequenos e pobres, eles experimentam a ternura e a força do braço amoroso de Deus, que humilha os soberbos e levanta os humildes, fazendo resplandecer no testemunho da sua curta existência a elevada e perene glória da santidade…”.

 O exemplo de Francisco e de Jacinta como interpelação eclesial

“…Como recentemente recordámos, ao assinalar o centenário das aparições de Fátima, para os Pastorinhos, o coração da Senhora era o Santuário do seu encontro com Deus (…). A misericórdia de Deus, o palpitar do seu coração diante dos pecadores e dos desgraçados, encontra um ícone privilegiado no coração de Maria. À luz do coração materno da Virgem, figura da Igreja, na ordem da fé, da caridade e da perfeita união com Cristo, Francisco e Jacinta fazem, na sua espiritualidade, a síntese daquilo que a Igreja é continuamente chamada a ser: contemplativa e compassiva…”

Para quem quiser acompanhar a nota na integra, acesse: http://www.conferenciaepiscopal.pt/v1/com-francisco-e-jacinta-marto-chamados-a-sermos-santos-na-caridade/



Compartilhe: