PUBLICAÇÕES



NEWSLETTER
Receba as nossas novidades por e-mail! Clique aqui.

Destaques, Notícias - 09/04/2018

Frei Roberto Aparecido: Um diácono para servir

ordenacao-22

Frei  Marx Reis (texto) e Seminaristas do Seminário São Francisco (fotos)

Ituporanga (SC)  – “Animados pela ordenação diaconal de Frei Roberto nós cantamos: “Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom; eterna é sua misericórdia!”. Com essas palavras, Dom Onécimo Alberton, bispo de Rio do Sul – SC, introduziu a celebração de ordenação diaconal de Frei Roberto Aparecido Pereira, que ocorreu na Igreja Matriz Santo Estêvão de Ituporanga, no dia 08 de abril, às 10 horas, em um clima de festa e amizade.

Natural de Lençóis Paulista, Frei Roberto Aparecido Pereira nasceu no dia 1º de agosto de 1987 e ingressou no Seminário Franciscano São Francisco de Assis de Ituporanga no ano de 2008. Hoje, após dez anos, ele recebe o primeiro grau da Ordem, com a sua ordenação diaconal, no mesmo lugar em que deu os seus primeiros passos na Vida Religiosa Franciscana. Se outrora Ituporanga foi o lugar onde Deus o enviou para iniciar o caminho de frade menor, hoje essa terra é o lugar onde ele dará os seus primeiros passos como Diácono da Igreja e do povo de Deus.

Estiveram presentes nessa celebração a sua irmã, Luana Maria Leite Pereira, os confrades das Fraternidade local e vizinhas, os seminaristas e aspirantes franciscanos e os seminaristas diocesanos. A Igreja de Santo Estêvão ficou cheia de fiéis provenientes dos municípios que compõe a Paróquia.

O bispo ordenante ainda complementou afirmando que “O Evangelho de hoje nos apresenta o Ressuscitado que entrou e mostrou os sinais da paixão […] Em nossa missão evangelizadora como Igreja diante de tantos desafios, já não temos o direito de continuar a dormir, presos à mentalidade de séculos passados e de permanecermos reféns de medos e trancados em falsas seguranças […] hoje é preciso manifestar as marcas da paixão”.

roberto_080418

 

Agradecimentos de Frei Roberto

Frei Roberto agradeceu a Província Franciscana e de modo especial a sua Fraternidade, que segundo ele, lhe ensina a cada dia a ser franciscano e amar os pobres em uma atitude de serviço e gratidão. Agradeceu também ao bispo Dom Onécimo por ser um pastor zeloso ao povo de Deus e por sua amizade. “Eu me surpreendi quando conhecei o senhor, por ser uma pessoas tão simples e depois me surpreendi por sua amizade. Quando lhe convidei para presidir essa celebração, tu nem hesitastes, mas prontamente se colocou a disponível para presidir essa celebração e inclusive os três dias do tríduo”.

Frei Roberto fez uma homenagem aos freis de Ituporanga, a Frei Alberto e Frei Robson, que se colocaram à disposição dessa ordenação desde o dia em que foi marcada e nesses últimos dias apresentaram como se serve ao Senhor Ressuscitado: “No primeiro dia do tríduo Frei Robson disse que se torna visível o serviço ao Senhor nas coisas concretas da vida, quando somos capazes de trocar as fraudas de nossa mãe quando ela não lembra mais da gente devido ao Alzheimer. E hoje eles me apresentaram o Ressuscitado no cuidado fraterno, quando Frei Alberto precisa de atenção”. Por fim, ele concluiu os seus agradecimentos pedindo para o povo rezar pela saúde de Frei Alberto e pelos pobres que necessitam da misericórdia divina.

-Franciscanos



Compartilhe: